PROVAS SERÃO REALIZADAS NOS DIAS 28, 29 E 30 DE NOVEMBRO

Depois do sucesso na realização do Sistema de Avaliação de Educação Básica – SAEB, a Secretaria da Educação Infantil e Fundamental de Canindé que conseguiu mobilizar as Secretarias do Governo Diferente no sentido de integrar os alunos de todas as Escolas de 5º e 9º ano, para a realização das provas, em 100% com a participação de psicólogos, médicos, Guardas Municipal, Assistentes Social, em uma força tarefa, o exemplo que vem de Canindé se volta agora para aplicação do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica SPAECE.

As provas começam no dia 28 de novembro e prosseguem até o dia 30, na aplicação do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (SPAECE) para estudantes do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental.

‘’A avaliação tem como finalidade diagnosticar a qualidade da educação pública cearense e subsidiar a implementação de ações de intervenção e monitoramento com foco na melhoria do ensino ofertado’’, explica a Secretária de Educação Arleise Matos

Conforme Arleise Matos o SPAECE tem se tornado um instrumento essencial para promover o debate público e favorecer a promoção de ações orientadas para a melhoria e a democratização do ensino, capazes de garantir igualdades de oportunidades educacionais para todos. “Por isso, é fundamental a participação dos estudantes Canindeenses de acordo com o cronograma de provas” – destaca.

O Sistema avalia as competências e habilidades nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática. No mesmo período, são aplicados questionários contextuais, investigando dados socioeconômicos e hábitos de estudo dos alunos, perfil e prática dos professores e diretores.

A determinação da Prefeita de Canindé Rozário Ximenes é que seja feita a mesma mobilização, que foi feita no SAEB, integrando todas as Secretárias e profissionais das áreas de saúde, assistência social e educacional. A meta é atingir os 100% de alunos avaliados.

O SPAECE foi criado há 20 anos. A partir de 2007, a atual gestão da Secretaria de Educação ampliou sua abrangência, instituindo a Avaliação da Alfabetização e expandindo a Avaliação do Ensino Médio para as três séries, de forma censitária.